Nos últimos anos, o setor da construção civil vem buscando meios de evoluir seus processos, no sentido de trazer para a indústria uma otimização das etapas de planejamento e execução. Com a chegada da era digital, a necessidade de integração das disciplinas dentro de uma nova lógica de gestão atingiu toda a cadeia, trazendo soluções que muito podem acrescentar na evolução da construção civil. Nesse contexto, as empresas vêm aprimorando seus métodos e tentando, cada vez mais, acompanhar as tendências do mercado e aumentar a produtividade e qualidade das suas produções.

Um dos grandes sistemas que estão transformando a indústria da construção civil em todos os aspectos é o chamado BIM – Building Information Modeling, que em português foi nomeado Modelagem da Informação da Construção. O objetivo do BIM é consolidar e integrar todas as informações necessárias para a execução da obra em um único software. O resultado é um modelo 3D que possibilita a visualização e compatibilização de todas as disciplinas envolvidas no processo, permitindo a antevisão de problemas que anteriormente seriam percebidos apenas no momento da execução, além de auxiliar nas tomadas de decisão que envolvem o planejamento da obra como um todo e otimizar a gestão do cronograma físico-financeiro. “Em resumo e de forma simplificada, é como se nós tivéssemos a chance de construir o empreendimento de forma digital antes de construir de forma real, o que nos permite antecipar todas as situações reais e ter acesso a informações de forma muito mais precisa”, esclarece Vanessa Spina, arquiteta e gerente de projetos.

Plataforma BIM – Residencial Gran Toro – Arquitetura
Plataforma BIM – Residencial Gran Toro – Estrutura
Plataforma BIM – Residencial Gran Toro – Instalações

Muitas empresas estão implantando o sistema em suas obras, mas o processo não é simples. Isso porque o BIM envolve todas as etapas desde o início do planejamento até a finalização da construção e, dessa forma, propõe a integração de toda a cadeia produtiva, que a muito tempo vem sido fragmentada. “O grande desafio do BIM está na unificação dos processos e na ampliação do raio de atuação de cada disciplina. A visão holística da obra passa a ser essencial, com o envolvimento de todos os profissionais em todas as etapas”, explica Pedro Spina, diretor da Construtora Marca Registrada.

A Construtora Marca Registrada foi uma das empresas que aceitou o desafio de implantar o BIM nos seus empreendimentos, buscando a otimização da gestão de informação durante todo o ciclo de desenvolvimento da obra. O empreendimento escolhido como modelo para a implantação do sistema foi o Residencial Gran Toro, que já está em construção. De acordo com Jéssica Belchior, engenheira de planejamento da equipe, os resultados são evidentes. “Na fase de compatibilização, através do BIM, encontramos uma série de interferências entre as disciplinas, que puderam ser solucionadas ainda na fase planejamento, sem interferência na execução da obra. Isso traz resultados concretos em termos de redução do desperdício e do retrabalho, além de garantir que as soluções adotadas sejam efetivas e não acarretem em demais traumas no canteiro”, relata. “Além disso, a interação entre os projetistas, engenheiros e a própria mão-de-obra têm sido muito rica, trazendo uma série de benefícios para o planejamento da obra”.

Mas a implantação do BIM não para por aí. Além da compatibilização, o sistema abrange ainda demais áreas do planejamento, orçamento, compras, execução, controle de qualidade e até mesmo manutenção. A empresa segue com o desafio de implantar o BIM em toda a sua dimensão, aproveitando todos os benefícios que o sistema pode trazer para os processos da construção. “A equipe está extremamente animada e disposta a fazer esforços de mudança para que consigamos aprofundar nossos conhecimentos. Os obstáculos existem, mas a obstinação é o grande segredo para a evolução. Não vamos medir esforços para que a empresa siga buscando a melhoria contínua de seus processos, que é um dos pilares do desenvolvimento da Marca Registrada”, finaliza Pedro Spina. E o cliente final, maior beneficiado dessa evolução, poderá ver os resultados no Residencial Gran Toro, que estará finalizado no ano de 2020 com a garantia de qualidade em todas as etapas de planejamento e produção, graças à implantação do BIM.

Residencial Gran Toro – Plataforma Bim